17°/28°

Divinópolis,
22/JAN/2017

Cerca de cinco mil alunos da rede estadual de ensino estão sem aula em Divinópolis

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
  • Notícia
Denise Guerra - Repórter Produtora da TV Alterosa Centro-Oeste
17/03/2014 13:55
Professores de todo o país estão mobilizados em uma greve para melhorias na educação. Profissionais estão de braços cruzados e prometem ficar sem trabalhar até quarta-feira (19). De acordo com o Sindicato Único dos Trabalhadores em Educação de Minas Gerais (SIND-UTE/MG), só em Divinópolis cerca de cinco mil alunos estão sem aula. O número pode mudar até quarta-feira, já que muitos professores estão analisando se aderem ao movimento. Algumas escolas paralisadas são: Escola Estadual Antônio Olímpio de Morais, que fica no bairro Niterói; Escola Jovelino Rabelo, no bairro Santa Clara e Escola Estadual Monsenhor Domingos, na Vila Cruzeiro. Segundo o sindicato, os alunos foram avisados na semana passada sobre a paralisação e bilhetes foram enviados aos pais. A categoria reivindica 10% do Produto Interno Bruto (PIB) para a educação pública; cumprimento da lei do piso; votação imediata do Plano Nacional da Educação; royalties do petróleo investidos na valorização dos educadores, além de carreira e jornada para todos os profissionais da educação. Cada estado tem pedidos especiais e a pauta específica de Minas Gerais é a que foi aprovada em 26 de fevereiro deste ano, na Assembleia Estadual da categoria. Os sindicatos vão protocolar na Vara da Infância e Juventude um documento com informações sobre a qualidade da educação em Minas Gerais.
  • Redes Sociais
  • TV Alterosa