15°/31°

Divinópolis,
23/MAR/2017

Programa Aliança pela Vida já realizou mais de 700 atendimentos em cidades da região

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
  • Notícia
25/04/2014 14:11 | Atualizado em 25/04/2014 14:34
O programa Aliança pela Vida foi criado em 2013 e oferece tratamento a dependentes químicos no Centro-Oeste. Até agora, já foram realizados 735 atendimentos. A ferramenta disponibiliza auxílio financeiro às Comunidades Terapêuticas credenciadas, para custear o tratamento de usuários. A Casa Dia em Divinópolis, fundada há 13 anos, é uma das habilitadas para receber os dependentes e 11 usuários são beneficiados pelo programa. A instituição atende por meio do Cartão Aliança desde outubro de 2013. Outros 26 municípios da região participam do programa, como Araújos, Bom Despacho, Carmo da Mata, Itaúna, Lagoa da Prata, Nova Serrana, Oliveira, Pará de Minas e Pitangui. Os dependentes químicos da região são direcionados para seis Comunidades Terapêuticas, nas cidades de Cláudio, Divinópolis, Oliveira e Piumhi. A ação é desenvolvida a partir da adesão de prefeituras e credenciamento de comunidades terapêuticas. O dependente passa por uma avaliação e, caso seja confirmada a necessidade de apoio terapêutico, recebe o encaminhamento e o benefício financeiro para realizar o tratamento. Ele tem direito a apoio médico, psicológico, educacional e comportamental e o valor do incentivo financeiro é de R$ 45 por dia de internação. Para atender mulheres dependentes de álcool, crack e outras drogas, o Cartão Aliança pela Vida possui seis unidades em Minas Gerais e uma delas fica em Oliveira. O atendimento é realizado no Centro Beija-Flor. No local 29 mulheres estão em tratamento, beneficiadas pela ação.
  • Redes Sociais
  • TV Alterosa