18°/30°

Divinópolis,
23/JAN/2017

Instituto Mineiro de Agropecuária vai fiscalizar propriedades durante o vazio sanitário da soja

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
  • Notícia
26/06/2014 16:14
A partir da próxima terça-feira (1ª), vai começar a fiscalização do vazio sanitário da soja, período em que fica proibida a presença de plantas vivas da oleaginosa. Fiscais do Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) serão os responsáveis pela ação. O vazio sanitário é uma medida sanitária no manejo da ferrugem asiática que é adotada em 11 estados produtores de soja, como Minas Gerais. A soja é o segundo grão mais cultivado no estado, atrás apenas do milho. A medida é de precaução e, segundo o IMA, é obrigação do produtor rural destruir todas as plantas de soja na época do vazio sanitário seja com produtos químicos ou métodos alternativos de manejo. A eliminação é necessária para que o fungo não se reproduza em plantas remanescentes. A proibição é válida até 30 de setembro. A meta do IMA para este ano é fiscalizar 573 propriedades. Quem não atender às determinações poderá ser autuado e multado. Em 2013, o IMA fiscalizou 574 propriedades. A partir das ações de fiscalização, 105 produtores foram notificados e apenas sete autuados. Ainda segundo o IMA, a eliminação de plantas durante o período do vazio sanitário não é prejuízo para o produtor, já que ele terá menos gastos com agrotóxicos e redução de custos de produção.
  • Redes Sociais
  • TV Alterosa