17°/27°

Divinópolis,
27/MAR/2017

Fique por dentro das novidades da Uemg

Aqui você fica sabendo sobre cursos, palestras e vários eventos realizados na unidade.

Diminuir Fonte Aumentar Fonte Imprimir Corrigir Notícia Enviar
  • Notícia
25/08/2015 15:57 | Atualizado em 09/10/2015 15:58
Cursos de Enfermagem e Fisioterapia da UEMG Divinópolis obtêm nota A em avaliação do Conselho Estadual de Educação



Os cursos de bacharelado em Enfermagem e Fisioterapia oferecidos pela UEMG Unidade Divinópolis obtiveram a nota A na verificação in loco para renovação de reconhecimento realizada pela Câmara de Ensino Superior do Conselho Estadual de Educação de Minas Gerais (CEE/MG). Com isso, os cursos foram renovados por mais quatro anos %u2013 as renovações foram publicadas no Minas Gerais desse dia 8 de outubro.

Durante a visita das comissões verificadoras à unidade, realizada em julho último, foram avaliados a organização didático-pedagógica, o corpo docente e as instalações físicas dos cursos.

A comissão verificadora do curso de Enfermagem foi formada pelo professor Juliano Teixeira de Moraes, da Universidade Federal de São João del-Rei (UFSJ), e pelos técnicos do CEE Cátia Maísa Santos e Pedro Eduardo da Silva Casteloni.

Já a comissão verificadora do curso de Fisioterapia foi composta, além dos técnicos do CEE Cátia Maísa Santos e Pedro Eduardo da Silva Casteloni, pela professora Viviane Santos Borges, da Universidade de Itaúna.

Formação

Em nota, o Núcleo Docente Estruturante do curso de Enfermagem destacou o esforço empreendido pela instituição e pelos coordenadores, professores e estudantes do curso em relação à formação de enfermeiros competentes e compromissados com a arte de cuidar do outro. - O projeto pedagógico do curso favorece, além do ensino em sala de aula, a integração entre os diversos estágios em que se encontram os alunos, por meio do seminário interdisciplinar, a autonomia do aluno, na organização das semanas acadêmicas, a ampliação do horizonte na formação, cujo canal é a extensão e pesquisa, e o contato nos períodos iniciais do curso com a realidade da assistência no serviço público e privado pela prática interdisciplinar integrada-, ressaltou a nota.

O documento também enfatizou a inserção do curso na região do Centro-Oeste Mineiro. - Com currículo inovador, no qual a gestão do serviço de Enfermagem e do sistema de saúde é enfatizado por ser o enfermeiro um gestor nato, o curso fez inserção em todos os níveis de gestão e assistência na região do Centro-Oeste Mineiro, com egressos nos cargos de gerência em nível regional e municipal. E na área acadêmica tem o orgulho de ter estimulado a formação de doutores e mestres que atuam em diversas regiões de Minas Gerais-, completou.

Inserção regional

De acordo com a coordenadora do curso de Fisioterapia da unidade, professora Viviane Gontijo Augusto, a nota obtida na avaliação do CEE reflete a dedicação e o trabalho em equipe de docentes e discentes do curso, além do apoio e do direcionamento da diretoria acadêmica em relação ao oferecimento de cursos de boa qualidade pela unidade. - Conseguimos provar que o curso de Fisioterapia atendeu aos objetivos propostos, mostrando impacto positivo na saúde coletiva da região. Esta avaliação reforça que os profissionais formados pelo curso estão aptos a atuar com competência, aliando saber técnico científico à prática voltada para a assistência da população local, tanto na prevenção de agravos quanto na reabilitação funcional-, finalizou a coordenadora.

____________________________________________________________________________________________

UEMG abre inscrições para Vestibular 2016


Encontram-se abertas até 8 de novembro, no site www.uemg.br/vestibular, as inscrições para o Vestibular UEMG 2016. São oferecidas mais de 6 mil vagas em graduações distribuídas em 17 municípios de Minas Gerais, entre eles Divinópolis, Cláudio e Abaeté.

Trata-se do primeiro processo seletivo que unificará as vagas de todas as graduações da universidade estadual após o período de absorções ocorrido nos últimos dois anos. - Desde sua fundação, nossa universidade vem aumentando, de modo significativo, sua abrangência territorial e humana. Sendo assim, novas regiões passaram a fazer parte da família UEMG, abrangendo, desta maneira, um maior contingente de alunos, professores e funcionários - , avaliou o reitor da UEMG, Dijon Moraes Júnior.

O processo seletivo contará com etapa única, de provas gerais objetivas de disciplinas correntes no ensino médio, além de uma prova de língua estrangeira e uma questão de redação. Somente os cursos oferecidos pela Escola de Música e pela Escola Guignard, em Belo Horizonte, possuem ainda uma etapa eliminatória anterior de provas de habilidades específicas.

As obras literárias indicadas para a realização das provas são Olhos d%u2019água, livro de contos de Conceição Evaristo, e Crônica para ler na escola, livro de crônicas de Zuenir Ventura.

Sisu

Para os candidatos que irão participar do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) de 2015, existe também a possibilidade de concorrer a vagas pelo Sistema de Seleção Unificado (Sisu).
Serão oferecidas, nesta modalidade, 50% das vagas disponíveis para graduação. As inscrições para o Sisu ainda serão definidas pelo Ministério da Educação, mas espera-se que ocorram nos primeiros meses de 2016.
Os interessados podem participar tanto pelo Vestibular quanto pelo Sisu, sem decorrência de qualquer prejuízo.
Reserva de vagas

Em ambas as modalidades, Vestibular e Sisu, a UEMG utiliza o sistema de reserva de vagas, chamado Procan, no qual 45% do total de vagas são reservados para candidatos carentes afrodescendentes (20%), egressos de escola pública (20%), portadores de deficiência e indígenas (5%).

Para concorrer ao Vestibular pela reserva de vagas, o candidato deverá encaminhar alguns documentos listados em edital, que comprovam sua situação socioeconômica em um dos grupos listados. Uma vez habilitado, o candidato concorrerá a vagas na Universidade com candidatos do mesmo grupo socioeconômico, minimizando desigualdades no acesso ao ensino superior gratuito.


Agenda

Inscrições: de 21/9 a 8/11
Inscrições do Procan: de 21/9 a 11/10
Provas de habilidades específicas: 14/11 e 15/11 (cursos da Escola Guignard e da Escola de Música)
Provas gerais: 6/12/2015
Hotsite: www.uemg.br/vestibular

____________________________________________________________________________________________
UEMG Divinópolis recebe a 9ª Primavera de Museus


Entre os dias 21 e 27 de setembro, acontece a 9ª Primavera dos Museus, cujo tema é Museus e memórias indígenas. Ao todo, 809 instituições de todo o país participarão do evento neste ano.
Em Divinópolis, a 9ª Primavera dos Museus será realizada na UEMG Unidade Divinópolis, por meio do Centro de Memória Professora Batistina Corgozinho (Cemud), entre os dias 21 e 25 de setembro, com exposição, mesas-redondas e oficinas.

Segundo o Instituto Brasileiro de Museus (Ibram), responsável pela organização do evento, o tema foi escolhido em consonância com as políticas do Ministério da Cultura, uma vez que a causa indígena é prioridade na atual gestão do ministro Juca Ferreira. Os museus são, de acordo com o instituto, espaços importantes para guarda e transmissão das histórias e memórias destes povos. A diversidade sociocultural dos mais de 200 povos indígenas que vivem em nosso país constitui-se como um dos maiores patrimônios existentes no território nacional.
A programação completa do evento em Divinópolis poderá ser conferida no link http://www.funedi.edu.br/9a-primavera-dos-museus-sera-realizada-na-uemg-unidade-divinopolis/.

Para mais informações, ligue (37) 3229-3561 ou envie e-mail para memoria@divinopolisuemg.com.br.
____________________________________________________________________________________________

4ª Semana UEMG: um evento para debater a diversidade e a afrodescendência


De 11 a 19 de setembro, a Universidade do Estado de Minas Gerais (UEMG) promove a 4ª edição da Semana UEMG, que terá como temática a diversidade e a afrodescendência. Nos 17 municípios em que a Universidade está presente, serão mais de 600 atividades acadêmicas e culturais, dentre exposições, palestras, mesas-redondas, oficinas, exibição de filmes e intervenções artísticas. A programação completa está disponível na página www.uemg.br/semanauemg.

Como nas edições anteriores, todas as atividades oferecidas são resultado direto da mobilização da comunidade acadêmica. Professores e estudantes irão estabelecer uma interlocução com outras instituições, movimentos sociais, grupos organizados da sociedade civil, professores e estudantes da educação básica em torno das questões decorrentes da temática do evento.

Segundo os professores responsáveis pela Curadoria Temática da Semana, debater a diversidade e afrodescendência no atual cenário político e social brasileiro é pertinente, entre outras razões, porque - a desigualdade gerada pela noção de que a diferença é sinônimo de assimetria fomentou comportamentos excludentes nas sociedades, tais como a intolerância, o preconceito e a discriminação de sujeitos e de grupos.
Retomar e ressignificar a diferença como direito torna-se, assim, uma urgência social e política da atualidade-.
Neste sentido, a programação também buscou compor cenários para debater questões de gênero, sexualidade, juventude e políticas públicas de inclusão social, amparada nas vivências da própria Universidade. Há dez anos, com base na Lei Estadual nº 15.259/2004, que institui a reserva de vagas nos processos seletivos das instituições de ensino superior públicas estaduais, a UEMG criou programas institucionais de extensão relativos a direitos sociais e relações étnico-raciais e ainda regulamentou a garantia do uso de nome social a estudantes transgêneros, transexuais e travestis.


SERVIÇO
4ª Semana UEMG %u2013 Tema: Diversidade e afrodescendência
De 11 a 19 de setembro
Abaeté, Barbacena, Belo Horizonte, Campanha, Carangola, Cláudio, Diamantina, Divinópolis, Frutal, Ibirité, Ituiutaba, João Monlevade, Leopoldina, Passos, Poços de Caldas e Ubá.
www.uemg.br/semanauemg
Atividades gratuitas sujeitas à inscrição prévia
____________________________________________________________________________________________

UEMG Unidade Divinópolis lança Núcleo de Estudos para a Diversidade

Com uma palestra sobre o tema Políticas públicas para a diversidade, ministrada pelo coordenador de Educação em Direitos Humanos e Cidadania da Secretaria de Estado da Educação de Minas Gerais, Anderson Cunha Santos, foi realizado, no dia 26 de agosto, o lançamento do Núcleo de Estudos para a Diversidade da UEMG Unidade Divinópolis.

A proposta de criação do núcleo vem sendo discutida há cerca de dois anos na instituição, segundo a professora Geralda Ferreira, uma das coordenadoras do projeto. - Nós temos vários trabalhos desenvolvidos na Universidade neste sentido desde 2013, e resolvemos documentá-los e iniciar o núcleo- , ressaltou. - A importância deste núcleo consiste em trazer a discussão sobre a diversidade para dentro da Universidade como forma de atingir a sociedade para fazermos a mudança de que nós precisamos. Pretendemos trazer para o núcleo profissionais e alunos de todas as áreas para que os temas a serem discutidos estejam presentes na Universidade - , completou a professora.

De acordo com Anderson, o diálogo entre a Universidade e a secretaria é fundamental para a qualificação das políticas públicas na área da diversidade.- A importância deste núcleo para a secretaria, bem como para as políticas públicas, é subsidiar não só a formulação de políticas que podem ser implementadas no âmbito da secretaria, mas também o processo de formação de educadores que estão na Universidade ou que já atuam no nosso sistema- , finalizou.

O debate contou com a participação de professores e estudantes da unidade e foi mediado pelo professor José Heleno Ferreira, que é também um dos coordenadores do núcleo.

____________________________________________________________________________________________
*Exposição conta a história dos 50 anos da FUNEDI, atual UEMG Divinópolis


Poderá ser conferida, até o dia 28 de agosto, na Biblioteca Pública Municipal Ataliba Lago (avenida 7 de Setembro, 1.160, Centro %u2013 Divinópolis), a exposição %u201CNossa história, sua memória: 50 anos FUNEDI%u201D, que apresenta uma retrospectiva do cinquentenário da Fundação Educacional de Divinópolis (FUNEDI), atual UEMG Unidade Divinópolis.

A mostra foi produzida a partir do material de pesquisa levantado pelo Projeto de Organização e Digitalização do Acervo Histórico Institucional da FUNEDI, desenvolvido pela equipe do Centro de Memória Professora Batistina Corgozinho (Cemud), da UEMG Unidade Divinópolis.
A exposição é composta de painéis que apresentam temas como biblioteca, campus, cultura estudantil, funcionários, jornais, revistas, teatro e UEMG, além de uma linha do tempo, na qual são enfocadas as principais datas em relação à história da instituição.

A história da FUNEDI remonta a 25 de outubro de 1964, com a criação da Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Divinópolis (FAFID). Criada pelo Governo do Estado de Minas Gerais através da Lei nº 3.503, de 4 de novembro de 1965, a instituição passou a denominar-se FUNEDI, e sua primeira aula inaugural ocorreu no dia 20 de março de 1965. Em setembro de 2014, as atividades de ensino, pesquisa e extensão mantidas pela FUNEDI foram absorvidas pela UEMG, passando a oferecer ensino público e gratuito em diversas áreas do conhecimento.
Nestes 50 anos, a FUNEDI se destacou no âmbito da região do Centro-Oeste Mineiro, contribuindo para a formação acadêmica de profissionais das diversas áreas do conhecimento, sempre aliada ao ensino de qualidade, à pesquisa e à extensão.

A exposição foi apresentada na Biblioteca da UEMG Unidade Divinópolis, em abril, durante as atividades da 13ª Semana Nacional de Museus, ocorrida na unidade entre os dias 18 e 24 de maio, e no Espaço GTO da Câmara Municipal de Divinópolis, em junho. Ainda neste semestre, a mostra percorrerá as unidades da UEMG em Abaeté e Cláudio.

A biblioteca funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 19h.
____________________________________________________________________________________________

*Curso de Psicologia da UEMG Unidade Divinópolis realiza mesas-redondas em comemoração
ao Dia do Psicólogo

Em comemoração ao Dia do Psicólogo (27 de agosto), o curso de Psicologia da UEMG Unidade Divinópolis realiza uma série de mesas-redondas durante esta semana. Nesta terça-feira (25), às 19h, acontecerá a mesa-redonda sobre o tema Clínica e atualidade: quais os desafios que nos aguardam? e que contará com a participação dos professores Alexandre Simões, Roberto Mendonça, Mardem Silva e Daniela Couto.
Já na quarta-feira (26), às 8h30, ocorrerá a mesa-redonda sobre a temática - A construção da rede de cuidados à saúde mental infantojuvenil no Centro-Oeste Mineiro: desafios e possibilidades-. O evento está sendo organizado pela professora Cristiane Nogueira e contará com a participação dos seguintes convidados: Rodrigo Nogueira, Fabrícia Tavares e Maria Aparecida Ribeiro.

Encerrando as atividades, na quinta-feira (27), às 7h30, será realizada a mesa-redonda sobre Medicalização e classificação do sofrimento na infância. A atividade está sendo organizada pelas professoras Gesianni Gonçalves e Rogéria Gontijo e terá a participação da convidada Iara Penteado. As mesas-redondas serão realizadas no auditório da unidade.
  • Redes Sociais
  • TV Alterosa